SOB CÉUS ESTRANHOS

Portugal, 2002, DOC, digital, Cor, 57´

Quando passeio entre as campas do cemitério judaico em Lisboa, reconheço os nomes gravados na pedra, como se estivesse num cemitério de aldeia. Nos tempos da Segunda Guerra Mundial, Lisboa foi um corredor de passagem entre a Europa e as Américas para muitos refugiados. Das 50 mil a 200 mil pessoas que passaram por Lisboa nessa época, apenas cinquenta aqui ficaram. Entre elas encontravam-se os meus avós.

Realizador: Daniel Blaufuks
Produtor: LX Filmes
Argumento: Daniel Blaufuks
narrador: Bruno Ganz
filmes de arquivo: Eugen Schuftan
fotografias e filmes de família de: Herbert August / Hans Leinung
fotografias de: Daniel Blaufuks
montagem: Pedro Duarte / Daniel Blaufuks
consultora literária: Christina Heine Teixeira
tradução: João Barrento
direcção de produção: Paula Oliveira
produtor: Luís Correia
Apoio: MC – ICAM / RTP

BLACK & WHITE

Portugal, 2000, FIC, 35mm, Cor, 21'

Quando falamos de daltonismo consideramo-lo um defeito. Mas poderíamos facilmente encontrar outras características sem que umas fossem manifestamente melhores ou piores do que as outras. Devemos lembrar que alguém poderá passar a vida inteira sem se aperceber que é daltónico até que um acontecimento especial o revele.

Realizador: Daniel Blaufuks
Produtor: LX Filmes
Argumento: Daniel Blaufuks
Fotografia: Luís Correia
Montagem: Manuel Mozos, Daniel Blaufuks
Música: Suzuki, Tosca, Richard Dorfmeister/Rupert Huber, Pop dell’Arte
Som: Joaquim Pinto
Actores Principais: Alexandra Cruz, Angelo Torres, Ricardo Aibéo

© 2019 Curtas Vila do Conde