Victoria, 2009

Victoria, 2009

Victoria, 2009

Victoria, 2009

Victoria, 2009

Victoria, 2009

O programa paralelo à exposição terá lugar no Teatro Municipal de Vila do Conde, integrado na programação do 17º Curtas Vila do Conde – Festival Internacional de Cinema. No dia 7 de Julho, pelas 15 horas, a autora apresentará numa masterclass a sua mais recente série de trabalhos, que aborda os ideais e a concepção europeia de beleza, apresentando em cada uma a beleza em diferentes formas: mineral, vegetal, animal e humana. Para além do vídeo "Zoo", último trabalho da primeira série, projectado em 35 mm, será exibida a curta metragem "Victoria", primeira obra e ponto de partida para a criação da nova série, serão visionados alguns excertos do segundo vídeo deste conjunto, "A Gymnast", ainda em fase de produção, e a artista irá apresentar os seus dois próximos trabalhos - "Lipizzaner Horses" e "The Alps", em preparação. "Desde 2006 que planeio examinar as concepções europeias de beleza. Os meus esforços têm sido inspirados pelo trabalho do historiador da arte inglês John Ruskin (1819-1900). O pensamento de Ruskin representa não só as ideias do Romantismo mas também, no meu entender, uma visão do mundo discriminatória e dividida em preto e branco. Em muitos aspectos a obra de Ruskin não resistiu ao teste do tempo, no entanto comoveu-me pelo seu entusiasmo face à beleza natural. Apesar da minha opinião de Ruskin ser algo crítica, não posso deixar de ver-me a mim e aos meus ideais na sua escrita. Ao mesmo tempo fiquei bastante surpreendida ao constatar como as ideias do Romantismo estão fortemente implantadas em mim, apesar de as considerar limitadas, estritas e distantes da minha realidade. Ao fim a ao cabo, será que o mundo contemporâneo é assim tão diferente?
Estou em vias de fazer uma série de quatro curtas metragens que abordam os ideais de beleza. Em cada uma apresento a beleza em diferentes formas: pedra, planta, animal e humana. Escolhi os meus temas a partir das minhas memórias de infância.
Que porção da beleza que eu pensava ser natural foi de facto moldada e processada pelas pessoas? Enquanto pesquisava estes filmes, compreendi que nada é exactamente o que parece. Oculto por detrás da beleza está a tristeza e a violência. As formas naturais são de facto produto da acção do homem e a acção do homem é, de facto, moldada pela natureza."
Salla Tykkä

Victoria, 2009

Victoria, 2009

Filmes a apresentar durante a masterclass:

Zoo
Uma mulher fotografa jaulas num zoo. Os animais seguem-na com os olhos, o espectador e o objecto trocam de lugares. A mulher mergulha em águas profundas, onde decorre um violento jogo de rugby subaquático. Tenta vir à tona para respirar.

Victoria
A curta metragem ”Victoria” mostra o florescer noturno de um nenúfar gigante. A planta conta a história do colonialismo europeu do século XIX e dentro da sua beleza esconde a necessidade humana de poder e dominação.

© 2019 Curtas Vila do Conde