arquivo pessoal de Ins Amorim

arquivo pessoal de Ins Amorim

arquivo pessoal de Carlos Santos

arquivo pessoal de Carlos Santos

arquivo pessoal de Jos Manuel S

arquivo pessoal de Jos Manuel S

arquivo pessoal Ins Amorim

arquivo pessoal Ins Amorim

Inaugurao, 14 de novembro 2015, 17h30
ONDE O CORAO SE ESCONDE
Miguel Clara Vasconcelos 2015

Objeto que esconde e guarda a memória, construído como um barco do estaleiro da minha infância. Criada em paralelo com o filme Vila do Conde Espraiada, esta câmara escura contém uma cidade projetada de modo diferente em três ecrãs por três pessoas que recordam Vila do Conde. As imagens originais e as histórias pertencem-lhes, comunicam com as suas memórias. O meu trabalho enquanto artista é inverso ao de realizador. Em vez de me apropriar de vivências alheias para contar uma história pessoal, ouço as próprias pessoas, devolvo-lhes a memória contida em bobines de película. Essas bobines estavam guardadas em caixas, fechadas em armários, esquecidas em sótãos. O processo de digitalização foi também um processo de revelação de imagens de um passado comum geograficamente, mas diverso vivencialmente. Cada relato leva-nos por caminhos diferentes, cada voz transporta-nos por um corredor estreito e escuro, como é o processo de recordar um momento antigo, embora extremamente nítido do nosso passado. Participam nesta viagem José Manuel Sá, Inês Amorim e Carlos Santos.

Miguel Clara Vasconcelos
Novembro de 2015





ONDE O CORAO SE ESCONDE

Instalação vídeo Caixa de madeira (aglomerado Superpan), L. 3,93m x A. 2,38m x C. 15,33m. No interior, três secções com L. 1,19m x A. 2,30m x C. 12,00m pintadas a preto mate, com uma projeção audiovisual cada (vídeo digital), ficheiros mp4, compressão H.264, formato 1920 x 1080 pixels, em loop, a partir de imagens em película super8 cor e 16mm cor e preto e branco, digitalizadas em 2K.

Vídeo 1. Duração 720, excertos em super8 cor provenientes do arquivo pessoal de José Manuel Sá e em 16mm a preto e branco provenientes do arquivo familiar de Inês Amorim. Voz de José Manuel Sá.

Vídeo 2. Duração 954, excertos em 16mm a cores e a preto e branco provenientes do arquivo familiar de Inês Amorim e found footage. Voz de Inês Amorim.

Vídeo 3. Duração 659, excertos em super8 cor e em 16mm a preto e branco provenientes do Arquivo Municipal de Vila do Conde, em super8 cor provenientes do arquivo familiar de Carlos Eça Guimarães e filmagens em 16mm cor de Miguel Clara Vasconcelos. Voz de Carlos Santos.

© 2019 Curtas Vila do Conde